DIVULGAÇÃO: CONCENTRAÇÃO EM LUANDA PARA MANIFESTAÇÃO DE 3 DE JUNHO

DIVULGAÇÃO: CONCENTRAÇÃO EM LUANDA PARA MANIFESTAÇÃO DE 3 DE JUNHO

Terá lugar a primeira grande manifestação pela transparência eleitoral dia 3 de Junho. A divulgação que tem sido feita:

Manifestação em todo o território nacional.
Este sábado, dia 3 de Junho.
Em Luanda a concentração será apartir ao meio-dia no largo junto a ponte dos Congolenses, Luanda

18814068_1399393930123620_4516542554569512973_n.jpg

Este sábado, dia 3 de Junho.
Concentração ao meio-dia no largo junto a ponte dos Congolenses, Luanda



FIM DE DIVULGAÇÃO

COMUNICADO: BLOCO DEMOCRATICO DECLARA APOIO À MANIFESTAÇÃO DA UNITA DE DIA 3 DE JUNHO

COMUNICADO: BLOCO DEMOCRATICO DECLARA APOIO À MANIFESTAÇÃO DA UNITA DE DIA 3 DE JUNHO

Bandeira-Bloco-Democratico-neteiro.jpg



COMUNICADO

O Gabinete Eleitoral do Bloco Democrático-BD reuniu no dia 1 de Junho do corrente ano, tendo, dentre outros assuntos, analisado a questão da Verdade Eleitoral, como forma de garantir transparência e lisura no Processo Eleitoral, pelo que emite o seguinte:

1. O Bloco Democrático-BD apoia as justas reivindicações a seu tempo apresentadas pelas diversas forças política na oposição e que motivaram as manifestações a serem realizadas no sábado, de iniciativa do partido UNITA.

2. O BD exige que a CNE arrepie caminho e reabra o concurso internacional, sem condicionar a participação de outras empresas.

3. O BD insiste na ideia de que a luta pela Verdade Eleitoral só será efectiva se, em todos os actos do Processo Eleitoral, as forças políticas na oposição estiverem unidas, articulando, desse modo, múltiplas formas de intervenção.

4. O BD reitera que se torna imprescindível que, em ações futuras, as forças políticas na oposição encontrem os necessários consensos, para que se alvejem eficazmente os objetivos desejados.

5. É convicção do BD que, no interesse nacional, a defesa do voto é matéria de unidade das oposições, contrariamente à conquista do voto, esta sim, assunto de cada força política.

6. O Bloco Democrático-BD apela, pois, de forma veemente, o retorno à concertação de todas as forças que pretendem ver que o voto depositado em cada partido político, corresponda à vontade do cidadão e não seja objecto de qualquer manipulação, deturpando a essência do Processo Eleitoral.

TODOS JUNTOS, PODEMOS LUTAR MELHOR PELA VERDADE ELEITORAL

GABINETE ELEITORAL DO BLOCO DEMOCRÁTICO-BD, EM Luanda, 1 de Junho de 2017

O GABINETE ELEITORAL

LIBERDADE, MODERNIDADE E CIDADANIA

SOBRE O BLOCO DEMOCRÁTICO:
O BLOCO DEMOCRÁTICO - BD, é um partido político legal, registado no Tribunal Constitucional, pelo Despacho nº 34/TC/2010, do seu Juiz Presidente, datado de 20 de Outubro de 2010. Ressalta das suas linhas programáticas, a defesa da Democracia e da Justiça Social, sendo seu objectivo maior “Fazer de Angola uma potência económica de dimensão atlântica para enriquecer os angolanos”, instaurando um regime de liberdade, num Estado Social de Direito. Nº Contribuinte 7111004035.


Sede Nacional: Bairro Azul, Rua direita da Samba Casa nº 112
Cx postal 6095

 email:  secretariadogeralbd2014@gmail.com  -  blocodemocratico@yahoo.co.uk

LUANDA - ANGOLA

www.bdluanda.blogspot.com

FIM

MESA REDONDA AMANHÃ 23 DE MAIO NO KINAXIXI SOB O TEMA "OS DESAFIOS DO ESTADO E DA GOVERNAÇÃO PARA OS PRÓXIMOS 10 ANOS", ORGANIZAÇÃO PLATAFORMA JUVENIL PELA CIDADANIA - PJC

DIVULGAÇÃO: MESA REDONDA AMANHÃ 23 DE MAIO NO KINAXIXI SOB O TEMA "OS DESAFIOS DO ESTADO E DA GOVERNAÇÃO PARA OS PRÓXIMOS 10 ANOS", ORGANIZAÇÃO PLATAFORMA JUVENIL PELA CIDADANIA - PJC

O Bloco Democrático divulga e sauda mais uma iniciativa da sociedade civil apartidária que está fortemente a se organizar para ter força de luta contra qualquer ditadura:

18556519_1905162372842705_1193068383753198881_o.jpg



A Plataforma Juvenil para Cidadania (PJC), organiza uma Mesa Redonda sob o tema "OS DESAFIOS DO ESTADO E DA GOVERNAÇÃO PARA OS PRÓXIMOS 10 ANOS". O evento terá lugar na próxima terça-feira, 23 de Maio de 2017, a partir das 14h00, no Auditório do Museu Nacional de Historia Natural (Kinaxixi).

Prelectores:

1. Adão Ramos (Activista pela Inclusão);
2. Albano Pedro (Prof. Univ. e Advogado);
3. Agostinho Sikato (Politólogo e Analista Político);
4. João Paulo Ganga (Sociólogo e Analista Político);
5. Nuno Alvaro Dala (Prof. Univ. e Activista Cívico);
6. Rafael Aguiar (Prof. Univ. e Activista Politico);
7. Walter Ferreira (Coord. da PJC e Activista Cívico).

Moderação: Jornalista Teixeira Cândido - Secretário Geral do Sindicato dos Jornalistas Angolanos (SJA).

AS ENTRADAS SÃO GRATUITAS.
ESTEJA PRESENTE E PARTICIPE!

https://www.facebook.com/nunodala.dala

NÃO FALTE

Dois momentos, sendo:

Sociedade civil - com breves considerações iniciais/lançamento das abordagens de:

1.Albano pedro - Professor Universitário e Advogado;
2.Nuno Álvaro Dala - Professor Universitário e Activista Cívico;
3.João Paulo Ganga - Sociólogo e Analista Político;
4.Adão Ramos - Activista pela Inclusão;
5.Walter Ferreira - Coordenador da PJC e Activista Cívico.

Partidos Políticos - lançamento a cargo de:

1.Agostinho Sikato - Politólogo e analista político;
2.Aly Mango - SG da JURA;
3.Tito Cambanje - Advogado;
4.Rafael Aguiar - Professor Universitário e Activista Político.

Os grandes analistas, "debatólogos" e prognosticadores serão todos os outros que estiverem presentes e a prestigiar o evento.

Moderacão:

Teixeira Cândido - jornalista e SG do SJA.

Vais perder?




FIM DE DIVULGAÇÃO

CUNENE, O DIA-A-DIA DA RECOLHA DE ASSINATURAS DO BLOCO DEMOCRÁTICO, POLÍTICA EM ANGOLA É CASO DE POLÍCIA



O dia-a-dia da recolha de assinaturas do Bloco Democrático, notícias da frente de luta pela liberdade, modernidade e cidadania em Angola.


Bandeira-Bloco-Democratico-neteiro.jpg

CUNENE, O DIA-A-DIA DA RECOLHA DE ASSINATURAS DO BLOCO DEMOCRÁTICO, POLÍTICA EM ANGOLA É CASO DE POLÍCIA

Deverá já a ser ouvido na DPIC (Direcção Provincial de Investigação Criminal) do CUNENE o político do Bloco Democrático , GERALDO MAYENGUE, em actividade no CUNENE.

O político foi obrigado a dirigir-se a DPIC pelo jovem CAMATE, membro da JMPLA, que diz ser coordenador do Bairro Onahomba, onde uma das equipas do Bloco Democrático trabalha desde ha três dias.

A casa onde se encontra hospedado o politico do BD foi cercada e invadida por vários individuos mobilizados por Camate.

O Presidente do Bloco Democratico, Justino Pinto de Andrade falou já com o Comandante Geral da Polícia, Ambrósio de Lemos. Aguardamos o desfecho da presente situação.

Impedimentos de actividade política tem havido igualmente em outros bairros de Onjiva, cujos coordenadores exigem credenciais para que se abordem os cidadãos.

GERALDO 922 965 099
DANIEL 927 847 591
CAMATE 943 705 151

Luanda 12 de Maio de 2017

LIBERDADE, MODERNIDADE E CIDADANIA

Filomeno Vieira Lopes
Coordenador do Gabinete Eleitoral do Bloco Democrático

SOBRE O BLOCO DEMOCRÁTICO:
O BLOCO DEMOCRÁTICO - BD, é um partido político legal, registado no Tribunal Constitucional, pelo Despacho nº 34/TC/2010, do seu Juiz Presidente, datado de 20 de Outubro de 2010. Ressalta das suas linhas programáticas, a defesa da Democracia e da Justiça Social, sendo seu objectivo maior “Fazer de Angola uma potência económica de dimensão atlântica para enriquecer os angolanos”, instaurando um regime de liberdade, num Estado Social de Direito. Nº Contribuinte 7111004035.

Bairro Azul, Rua direita da Samba Casa nº 112
Cx postal 6095

 email:  secretariadogeralbd2014@gmail.com  -  blocodemocratico@yahoo.co.uk

LUANDA - ANGOLA

www.bdluanda.blogspot.com

Participe como voluntária(o) com o Bloco Democrático por todo o país:

GERAL
 Justino Pinto de Andrade
 (Presidente) 923 227 862 - Luanda

 Luís do Nascimento (Vice-Presidente)  928 554 655 - Luanda

 João Alfredo
 Baruba (Secretário Geral) 935 708 074 - Luanda, Lunda Norte e Lunda Sul

 Filomeno Vieira Lopes 923 303 734 - 997 372 966 ( Luanda, Cabinda, Zaire)

POR PROVÍNCIA:

CABINDA
 Norberto Muanda  933 713 586 - 918 427 088

UÍGE
Américo Vaz 923 603 826

ZAIRE
Filomeno Vieira Lopes 923 303 734 - 997 372 966

BENGO
Nelson Eduardo Pestana Bonavena 924 653 083

LUANDA
Adão Ramos 923 300 144
Victor Osvaldo Mendes da Silva  923 899 012
Lisdalia Castilho Paula 923 615 542
Luis Nascimento 928 554 4655
Ganga Neto - 928 607 797

MALANGE
Henrique Kiassotoca  925 213 370

LUNDA NORTE
Pedro Soares 925 639 004 - 916 747 071
Rodrigues Mitximitxi - 921 094 926

LUNDA SUL
Sónia Itumba 925 820 818
Amadeu  Catarino - 936 616 820

KWANZA NORTE
Joaquim Zamgui Lutambi  926 272 789 - 991 887 449

CUNENE
Geraldo Mayengue 922 965 099

BENGUELA
Abílio Jamba  923 506 887
Adília SingueKalongole  924 936 873

NAMIBE
Manuel Vitória Pereira - 941 622 961
Hilário 926 630 160
Enoque - 924 865 175

MOXICO
José Amaral  923 692 537
Albino Henrique 926 931 355

CUANDO CUBANGO
José Amaral  923 692 537
Jaime jamba - 932 560 525

KWANZA SUL
Henrique Kiassotoca  925 213 370
António Correia 923 573 435 - 916 008 081
Evaristo Araujo 932 292 567

HUAMBO
Arão Abel - 923 660 213
João Pacheco - 924 877 991 - 921 861 018 - 912 950 506

BENGUELA
Sebastião Muata - 935 050 879
Zeferino Kuvingwa  923 915 235

BIÉ
Albino Henrique 926 931 355
Jaime jamba - 932 560 525

HUILA
Manuel Vitória Pereira - 941 622 961
António André  928 420 740


FIM

COMUNICADO: ORGANIZAÇÃO POLÍTICA UNIÃO DA JUSTIÇA SOCIAL (UJS) ADERE AO BLOCO DEMOCRÁTICO (BD)




ujsbd.jpg


COMUNICADO: ORGANIZAÇÃO POLÍTICA UNIÃO DA JUSTIÇA SOCIAL (UJS) ADERE AO BLOCO DEMOCRÁTICO (BD)

A Organização Política UJS - União da Justiça Social, formalizou há poucos dias na sede do Bloco Democrático - BD um protocolo de adesão de todos os seus membros para o BD.

Esteve a encabeçar está organização o seu Presidente, o companheiro Martins Muxito e mais três membros da sua Comissão Política.

No acto solene, o Bloco Democrático esteve representado pelo seu Vice Presidente o companheiro Luis do Nascimento e o companheiro Nelson Pestana Bonavena da Comissão Política.

UJS, é uma organização política fundada em 2014. Em 2016, o Tribunal Constituição indeferiu o seu processo de legalização. A UJS representa os vários esforços que a sociedade civil tem feito para se organizar em partidos políticos e que como sérios vêem-se dificultados pelo partido da situação. Formar um partido político em Angola tem se tornado cada vez mais uma tarefa difícil quando não impossível, situação que o Bloco Democrático como partido defensor de uma política limpa e multi-partidária lamenta profundamente. Sem a riqueza da variedade, não há a riqueza da escolha.

Segundo o Companheiro Martins Muxito, a sua organização possui mais de 500 membros em todo o território nacional, que agora juntaram esforços com o Bloco Democrático.

Recorde-se que faz parte da linha política do BD manter e defender o multi-partidarismo como forma de todos os angolanos criarem os seus partidos políticos como bem entenderem de forma livre, só assim teremos uma política cada vez mais inclusiva e representativa das vontades do povo angolano e se eliminará a abstenção que tem vindo a subir de forma galopante.

Com esta adesão, o Bloco Democrático sai grandemente reforçado em termos de variedade de ideias, de quadros e presença no território nacional, vamos fazer Bloco!

Pela Liberdade, Modernidade e Cidadania!

EM LUANDA, 11 DE MAIO DE 2017.


SOBRE O BLOCO DEMOCRÁTICO:
O BLOCO DEMOCRÁTICO - BD, é um partido político legal, registado no Tribunal Constitucional, pelo Despacho nº 34/TC/2010, do seu Juiz Presidente, datado de 20 de Outubro de 2010. Ressalta das suas linhas programáticas, a defesa da Democracia e da Justiça Social, sendo seu objectivo maior “Fazer de Angola uma potência económica de dimensão atlântica para enriquecer os angolanos”, instaurando um regime de liberdade, num Estado Social de Direito. Nº Contribuinte 7111004035.


Sede Nacional: Bairro Azul, Rua direita da Samba Casa nº 112
Cx postal 6095

 email:  secretariadogeralbd2014@gmail.com  -  blocodemocratico@yahoo.co.uk

LUANDA - ANGOLA

www.bdluanda.blogspot.com


FIM








COMUNICADO: BLOCO DEMOCRÁTICO ESTÁ SOLIDÁRIO E REGOZIJA-SE COM OS PARTIDOS POLÍTICOS NA OPOSIÇÃO PARLAMENTAR PELA ACÇÃO CONJUNTA CONTRA A CONTRATAÇÃO DA CNE E PEDE QUE TODA A SOCIEDADE CIVIL E POVO EM GERAL AJUDEM NA PRESSÃO PARA QUE ESTAS ELEIÇÕES NÃO TENHAM BATOTA - TODOS JUNTOS CONTRA A BATOTA ELEITORAL

As.Aos Srs.as., jornalistas, aos órgãos, aos comunicadores

PARA DIVULGAÇÃO IMEDIATA
CONTACTO PARA IMPRENSA:
935 708 074
923 303 734

COMUNICADO: BLOCO DEMOCRÁTICO ESTÁ SOLIDÁRIO E REGOZIJA-SE COM OS PARTIDOS POLÍTICOS NA OPOSIÇÃO PARLAMENTAR PELA ACÇÃO CONJUNTA CONTRA A CONTRATAÇÃO DA CNE E PEDE QUE TODA A SOCIEDADE CIVIL E POVO EM GERAL AJUDEM NA PRESSÃO PARA QUE ESTAS ELEIÇÕES NÃO TENHAM BATOTA  - TODOS JUNTOS CONTRA A BATOTA ELEITORAL

Bandeira-Bloco-Democratico-neteiro.jpg



1. O Bloco Democrático está solidário e regozija-se com a acção conjunta dos partidos politica na oposição parlamentar (este é o caminho a seguir, união entre todos os partidos políticos) e exige que sejam abertos concursos, com parecer prévio do Tribunal de Contas.

2. O Presidente da CNE deve envolver toda a equipa no lançamento e abertura dos concursos e criar as condições para que todos os agentes nacionais e internacionais possam concorrer em igualdade de circunstancias.

3. O Bloco Democratico exige que o Tribunal de Contas verifique em que condições é que tais empresas foram contratadas.

4. O Bloco Democrático não pode tolerar que sejam sempre as mesmas empresas a ser indicadas por mecanismos não transparentes, coincidindo igualmente com proprietários de figuras de prôa do regime.
5. O Bloco Democrático acredita que é possível acabar de vez com a batota eleitoral, mas que só uma ampla solidariedade e união entre toda a sociedade civil (não só os partidos políticos, mas também as associações, os grupos sociais, os movimentos, os trabalhadores, os jovens, as mulheres, os sindicatos, os activistas, os estudantes, os professores, os artistas, os jornalistas, etc) e cada angolana e angolano poderá fazer acontecer a liberdade e a vitória contra a batotal eleitoral.
6. O Bloco Democrático pede encarecidamente à juventude angolana para que participe na luta contra a fraude, com batota todos os jovens vão sofrer nos próximos anos de governo de MPLA JLO.

7. O Bloco Democrático pede encarecidamente à juventude angolana e todos aqueles que pensam em não votar para que não fiquem sem votar. Ao não votarem estarão a ajudar o partido da situação e a prolongar o sofrimento em Angola. O Bloco Democrático pede que votem e que ajudem a lutar contra a batota eleitoral, 2017 é o ano do povo, vamos juntos!

LIBERDADE, MODERNIDADE E CIDADANIA

Filomeno Vieira Lopes
Coordenador do Gabinete Eleitoral do Bloco Democrático

SOBRE O BLOCO DEMOCRÁTICO:
O BLOCO DEMOCRÁTICO - BD, é um partido político legal, registado no Tribunal Constitucional, pelo Despacho nº 34/TC/2010, do seu Juiz Presidente, datado de 20 de Outubro de 2010. Ressalta das suas linhas programáticas, a defesa da Democracia e da Justiça Social, sendo seu objectivo maior “Fazer de Angola uma potência económica de dimensão atlântica para enriquecer os angolanos”, instaurando um regime de liberdade, num Estado Social de Direito. Nº Contribuinte 7111004035.


Sede Nacional: Bairro Azul, Rua direita da Samba Casa nº 112
Cx postal 6095

 email:  secretariadogeralbd2014@gmail.com  -  blocodemocratico@yahoo.co.uk

LUANDA - ANGOLA

www.bdluanda.blogspot.com

FIM

COMUNICADO: PRISÃO ARBITRÁRIA DE MEMBRO DO BLOCO DEMOCRÁTICO NO BAILUNDO

COMUNICADO: PRISÃO ARBITRÁRIA DE MEMBRO DO BLOCO DEMOCRÁTICO NO BAILUNDO

Bandeira-Bloco-Democratico-neteiro.jpg



O militante do Bloco Bloco Democratico Angola - BD, Eduardo Catoquessa Dalton, em trabalho de sensibilização para subscrição eleitoral do BD no Município do Bailundo, Provincia do Huambo, foi preso perto das 16 horas do dia 8 de Maio, naquela localidade.

Toda a documentação dos proponentes do municipio foi apreendida.

A Direcção do Bloco Democrático contactou ja o comandante da Policia do Bailundo, Comandante Sankara, que prometeu inteirar-se da situação e tomar as medidas adequadas. O agente da Policia pediu dois saldos para libertar o membro e sua documentação.

Tem sido recorrente por parte da Policia Nacional esse tipo comportamento intimidativo e corrupto. Prevendo isto o BD escreveu ao Tribunal Constitucional para que lembrasse as instituições do Estado que interferem no processo de candidatura (nomeadamente, Policia, Conservatórias, Notariados) que agissem no estricto cumprimento da Lei.

Pelos vistos, nada foi feito.

A CNE confirmou ao Presidente da República que estavam criadas todas as condições para que o processo eleitoral decorra bem, mas o facto é que a própria Policia Nacional não se encontra preparada para encarar a actividade política de abordagem ao cidadão, como um exercício livre que qualquer cidadão pode realizar.

Nº do comandante da policia do bailundo Comandante Sankara 923 301 250
Nº do nosso colega do Huambo Arao Abel 923 660 213

LIBERDADE, MODERNIDADE E CIDADANIA

Coordenador do Gabinete Eleitoral do Bloco Democrático
Filomeno Vieira Lopes
923 303 734
vifilopes@yahoo.com.br

SOBRE O BLOCO DEMOCRÁTICO:
O BLOCO DEMOCRÁTICO - BD, é um partido político legal, registado no Tribunal Constitucional, pelo Despacho nº 34/TC/2010, do seu Juiz Presidente, datado de 20 de Outubro de 2010. Ressalta das suas linhas programáticas, a defesa da Democracia e da Justiça Social, sendo seu objectivo maior “Fazer de Angola uma potência económica de dimensão atlântica para enriquecer os angolanos”, instaurando um regime de liberdade, num Estado Social de Direito. Nº Contribuinte 7111004035.

Sede Nacional: Bairro Azul, Rua direita da Samba Casa nº 112
Cx postal 6095

 email:  secretariadogeralbd2014@gmail.com  -  blocodemocratico@yahoo.co.uk

LUANDA - ANGOLA

www.bdluanda.blogspot.com


FIM